sábado, 6 de setembro de 2014

Entrevista com Pryscila Morais do Blog Vestido e Tênis

Oi gente, tudo bom?

Para inaugurar nossa coluna de entrevistas resolvi convidar a querida Pryscila Morais do Blog Vestido e Tênis .
Passeando pelo mundo dos blogs eu acabei conhecendo o cantinho dela e logo me identifique com o projeto #20diascomendobem e comecei a acompanhar!

Foto: Acervo pessoal de Pryscila
E para contar um pouco mais desse projeto, com vocês uma entrevista exclusiva e pensada com muito carinho para vocês!


A.B - Comecei a acompanhar seu blog a pouco tempo e logo me identifiquei com o Projeto #20comendobem. De onde partiu a ideia do Projeto? Era só pela imagem ou pela saúde também?

P.M: Em primeiro lugar quero agradecer pelo convite e dizer que estou lisonjeada em participar do seu blog .  O projeto surgiu a partir da estética mesmo, porque num geral eu já me alimentava bem e praticava atividade física. Porém quando comecei a elaborar o projeto eu estava numa fase "malandra" rs, estava há um mês sem atividade física e relaxada com a alimentação. O resultado dessa combinação foram dois quilos a mais em um mês. Parece pouco, mas sempre tive em mente que o primeiro passo para engordar sem perceber e "de repente" ter dez quilos a mais é se acostumar com dois quilinhos hoje, com uma numeração maior amanhã e de repente você não se reconhece mais. Por isso sempre tive como máximo de peso os  60 quilos, que pra mim é um peso ideal (fazendo o calculo do IMC), cada pessoa terá um peso ideal. Então para conseguir voltar ao meu peso ideal e até emagrecer mais eu elaborei o projeto. Mas não queria algo só voltado a estética, apesar de ter partido dela (rs), queria que me trouxesse saúde e que eu não voltasse a engordar depois. Então pensei em reeducação alimentar. Mas a reeducação é muito difícil porque mexe com os hábitos, e tudo que é hábito é difícil mudar de uma hora pra outra né? Então decidi que passaria temporadas comendo bem, dando intervalos entre elas, até me acostumar de novo em comer bem. Dai surgiu o projeto dos 20 dias . Ufa!! Acho que falei demais! rs


A.B- Sei que com essa correria do dia-a-dia se alimentar bem é verdadeiramente um desafio. Como você dribla as dificuldades?

P.M: É complicado mesmo, principalmente quando a gente tem filho. O tempo sempre fica menor quando a gente é mãe. Mas dá pra fazer, o grande X é querer fazer. Eu tenho alguns truques para facilitar a minha vida na hora de preparar minha comida, como por exemplo chegar do mercado e guardar todos os legumes e verduras lavados em potes separados. Parece que não é grande coisa, mas isso me adianta muito na hora de preparar as refeições. Até porque eu cozinho para mim uma comida mais fit e para meu marido e filho a comida comum. Outra coisa que faço é sempre ter alguma comidinha saudável comigo, na rua, no trabalho, sempre carrego comigo, para não cair em tentação. rsrs

A.B- Você é “marmiteira”? rsrsrs

P.M: Sou siiim e muito haha. Pra comer bem a gente precisa virar marmiteira, levar a comida ou lanche saudável para o trabalho, faculdade, escola, etc sai mais barato e geralmente evita que a gente caia em tentação e peça coisas que não são tão saudáveis quanto as que a gente faz.

A.B -De qual “gordice” você mais sente falta?

P.M: Rs .. já era costume todo final de semana (que são os dias de porcaria aqui em casa) eu, filho e marido sairmos para tomar milk shake (o sorvete de canudinho, como o meu filho fala rs). E depois do projeto não tem mais dia de porcaria pra mim, então sinto falta do sorvete de canudinho com os meus amados haha.

A.B -A primeira etapa do projeto terminou a pouco tempo. Quais as novas metas e objetivos dessa segunda etapa?

P.M: As novas metas são: Perder mais três quilos, diminuir ainda mais a cafeína ingerida e incluir novamente na minha rotina alguma atividade física. São objetivos simples e possíveis de serem cumpridos!

A.B  -E o famoso “dia do lixo”, é permito?

P.M: Não. Durante o projeto não é permitido. Antes do projeto os finais de semana eram liberados para comer porcaria, mas durante o projeto não. São 20 dias direto sem doce, frituras e massas. Depois durante o intervalo de cinco dias, eu como, mas sem exagero (sem tirar o atraso haha).

A.B -Agora uma dica do cardápio #20diascomendobem:

P.M: Minha grande dica de cardápio é, comer muita salada. Eu não como arroz e feijão durante os 20 dias, só salada e carne. Porém no intervalo entre a primeira e segunda etapas eu comia primeiro a salada que já estava acostumada no projeto e só depois comia o arroz, feijão ou uma massa. A minha surpresa foi que depois de comer a salada eu não aguentava comer a mesma quantidade de arroz, feijão ou massa, que eu comia antes do projeto. Ou seja, naturalmente e de forma saudável eu me reeduquei a comer menos desses três. Essa pra mim foi a prova de que o projeto chegando ao final vai me proporcionar uma vida mais saudável e equilibrada, sem grandes sacrifícios.




Então meus amores, espero que vocês tenham gostado da nossa estréia.
Pry, mais uma vez obrigada por aceitar gentilmente o meu convite. As portas estão sempre abertas para você, muito sucesso para você e para o seu blog!

Beijinhos e até o próximo post,

3 comentários:

  1. Super obrigada por esse espaço no seu blog Monique!! AMei estar aqui!! Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço sua participação! E vamos que vamos, juntas e misturadas no #20diascomendobem

      Excluir

Deixe o seu comentário! Se você tiver um blog, deixe seu endereço aqui também, vou adorar conhecer seu cantinho!

Postagem em destaque

[Post Especial] Para Nós, todo amor do mundo

Sem pretensões você chegou, pegou na minha mão, olhou nos meus olhos e ouviu tudo o que eu falava. E olha que eu falei muito! Aq...