quinta-feira, 4 de junho de 2015

Resenha: A Escolha

Oi amores, tudo bom?

Sim, eu sei... Mais uma resenha do Nicholas Sparks.

Mas é que eu amo demais os livros dele a maneira como ele escreve.
Mas deixa eu parar de conversa fiada, vamos para a resenha?








Sinopse:

 Travis Parker possui tudo o que um homem poderia ter: a profissão que desejava, amigos leais, e uma linda casa beira-mar na pequena cidade de Beaufort, Carolina do Norte. Com uma vida boa, seus relacionamentos amorosos são apenas passageiros e para ele, isso é o suficiente. Até o dia em que sua nova vizinha, Gabby, aparece na porta.

Apesar de suas tentativas de ser gentil, a ruiva atraente parece ter raiva dele. Ainda sim, Travis não consegue evitar se engraçar com Gabby e seus esforços persistentes o levam a uma jornada que ninguém poderia prever.

Abrangendo os anos agitados do primeiro amor, casamento e família, A Escolha nos faz confrontar a questão mais cruel de todas: Até onde você iria manter o amor de sua vida?


Resenha: 


O livro é dividido em três partes: prólogo, parte um, parte dois e epílogo. Começando de trás pra frente, o livro nos mostra o futuro antes de nos mostrar como tudo começou.

Começamos o livro conhecendo Gaby, uma assistente de medicina pediátrica na pequena cidade de Beaufort. Assim que chega na cidade nova ela conhece  Travis, seu vizinho bonitão que gosta de passar a vida a viajando e praticando esportes radicais. A aproximação deles  acontece por causa da suspeita de que Moby, o cachorro de Travis, tenha engravidado sua cadelinha de Gaby. O primeiro encontro não é dos mais agradáveis, pois Gaby acusa Travis de não arcar com as responsabilidades, mas ao mesmo tempo se vê atraída por ele,mesmo tendo namorado!


Passada má impressão do primeiro encontro, os vizinhos começam uma amizade rápida e intensa e quando menos percebem, estão apaixonados. E olha que isso tudo acontece em um final de semana hein?!  Apesar de Gaby trair o namorado, o Sparks desenvolve tão bem o enredo que a gente torce pelo Travis!

Já a segunda parte é a mais emocionante, é nessa parte que entendemos o título do livro.  Depois de um acidente que muda sua vida drasticamente, Travis se vê diante de uma escolha que tem o poder de mudar o futuro de sua família e se pergunta que não sai da sua cabeça é “Até onde se deve ir em nome do amor?”.

Mais um livro do Nicholas recheado de valores e lições de amor e de família. Acho que é  isso que mais me encanta em todos os livros dele, e que sempre me faz querer ler outros títulos dele. A facilidade com que ele descreve os sentimentos é simplesmente encantadora.
Se você ainda não leu nenhum livro dele, faça uma experiência e depois me conta! Em algum momento, a escrita dele vai te tocar.

Espero que vocês tenham gostado de mais essa resenha! Um beijo, fiquem com Deus!

 

2 comentários:

  1. Gente, eu não consigo adorar Nicholas Sparks. A única coisa que tive contato dele foi um filme que agora nem me lembro o nome, mas lembro que chorei litros.
    Esse livro, em especial, está na minha estante e hoje mesmo, por coincidência, meu marido comentou "esse livro está lacrado!"
    Pois é, ganhei mas não sei se um dia lerei rs
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro o Nicholas desde o primeiro livro dele que eu li que foi "Querido John".
      Muitas vezes parece mais do mesmo mas eu sempre consigo me emocionar com os livros dele.

      Bjs, obrigada pela visita

      Excluir

Deixe o seu comentário! Se você tiver um blog, deixe seu endereço aqui também, vou adorar conhecer seu cantinho!